Dentro da área médica, a humanização do atendimento com o paciente tem um peso muito maior, além de garantir a fidelização dele junto a clínica e aumentar a sua satisfação com o tratamento.

Com isso, existem algumas técnicas de gestão, como seleção e recrutamento, que são responsáveis por capacitar e ajudar na colaboração dessas instituições de saúde, como fatores essenciais para melhorar e aumentar a humanização do atendimento em qualquer área.

Legalmente a saúde é um direito de todos e dever do Estado. Isso garante condições políticas, econômicas e sociais, de reduzir os riscos com doenças e outros agravos de acesso universal, promovendo a proteção e recuperação da população (art. 196 da Constituição Federal).

Sendo assim a humanização do atendimento se tornou tão importante, e com um significado ainda maior, se considerarmos que as mudanças dos paradigmas dentro da gestão médica, foram observadas em estudos. Mas existem alguns fatores que provam essa realidade. Como por exemplo:

Tecnologia

Com a popularização da internet, a possibilidade de o paciente ter acesso à informação aumentou muito. Sem contar que os avanços tecnológicos da área da medicina também passaram a ter opções alternativas e soluções nunca testadas antes.

Medicina integrativa

A visão dessa abordagem é focar na prevenção de doenças. Dentro dessa perspectiva, o paciente deve ser visto por completo, e seu bem-estar deve ser prioridade, tanto com relação a humanização do atendimento, quanto no seu tratamento.

A prática da medicina, reafirma a importância de ter uma relação entre paciente e profissional da área da saúde. As evidências e abordagem dos profissionais junto da humanização do atendimento devem ser adequadas para obter sempre o melhor, que é a saúde e a cura do paciente.

Informação

Depois da internet, o comportamento do paciente mudou drasticamente. Na maioria das vezes, a relação entre o paciente e o médico, acaba sendo construído através de várias perguntas, debates, troca de informações, etc.

O médico antes de ter todo o seu conhecimento, agora tem outro parâmetro de realidade. Sempre há um desejo do paciente de ter controle da situação, sobre a sua saúde, e com a informação demasiada hoje através da internet, quase todas as vezes ele já chega a clínica com um diagnóstico pronto.

Humanização do atendimento

De acordo com alguns especialistas da área médica, não basta somente entender de doenças e a maneira de curá-las. O médico deve sempre agir como um consultor, e o mesmo deve ser aplicado a toda a sua equipe, desde as enfermeiras, recepcionistas, telefonistas, atendentes, etc.

Algumas pesquisas demonstraram que existe um distanciamento entre os profissionais da área e os pacientes. Isso se dá, na grande maioria das vezes, pela falta de humanização do atendimento e todo o tratamento de acordo com as circunstâncias envolvidas. O processo de despersonalização, se torna inserido dentro de um ambiente em que o ser humano se encontra, e ele não se vê como paciente.

Gestão da humanização do atendimento

Depois de entender todas essas falhas na área médica, buscar melhorar a humanização do atendimento pode ser a saída para melhorar os aspectos da gestão, como por exemplo:

  • Seleção criteriosa e recrutamento de profissionais da saúde.
  • Capacitar toda a equipe de atendimento.
  • Aumento o trabalho colaborativo.
  • Melhorar a qualidade da humanização do atendimento e prestação de serviço para otimizar toda a estadia e jornada do paciente.

Depois dessas melhorias, o foco da otimização estará na humanização do atendimento, e isso amplia o foco de todo o corpo clínico como os médicos, atendentes, enfermeiros, recepcionistas, secretárias, assistentes, etc. Afinal de contas, todos esses profissionais interferem de alguma forma na passagem do paciente pela clínica.

Categorias: Dicas